Importância do trabalho do Assistente Social no programa de aprendizagem e para a sociedade 8 de dezembro de 2021 •

Importância do trabalho do Assistente Social no programa de aprendizagem e para a sociedade

Ocupando um papel de relevância para sociedade, suas atribuições estão diretamente ligadas a educação, saúde e direitos humanos, atendendo prioritariamente o público em situação de vulnerabilidade social.

O assistente social tem seu espaço de trabalho nas mais diversas áreas. Por tratar-se de um profissional que detém conhecimento específico sobre o social, tem papel fundamental na elaboração, coordenação e desenvolvimento de políticas, programas e projetos sociais, bem como na inclusão de pessoas a quem deles necessitar.

 

Programa de aprendizagem e o ingresso no mundo do trabalho

 

Destacamos o trabalho do assistente social no programa de aprendizagem, onde o exercício da profissão tem como foco contribuir com a formação profissional do adolescente/jovem para o mundo do trabalho, protagonismo social e desenvolvimento de competências.

Além de cadastrar e encaminhar os jovens às empresas parceiras, o CIEE/PR realiza o acompanhamento periódico do desempenho do aprendiz no ambiente de trabalho. Para isso, o CIEE/PR conta com uma equipe multidisciplinar da qual fazem parte assistentes sociais, psicólogos e pedagogos. O acompanhamento multidisciplinar tem foco socioprofissional, que abrange o desenvolvimento e desempenho do aprendiz na aprendizagem prática, teórica e escola, trazendo para dentro desse processo a família, que possui papel fundamental na vida do adolescente/jovem. 

 

  Desafios do Profissional de Serviço Social no exercício da profissão

 Seja qual for o espaço de trabalho em que esteja inserido – nas organizações e entidades do terceiro setor, poder público, empresas, saúde ou educação, o assistente social tem como princípio ético a liberdade, o compromisso com a autonomia, emancipação dos sujeitos, defesa de direitos, democracia e cidadania. 

Os diferentes públicos e situações fazem com que a profissão seja repleta de complexidades das mais variadas formas, inclusive diante da realidade brasileira, com alto índice de pobreza e desigualdades sociais. No entanto, a luta diária da assistência social faz parte de um compromisso coletivo e ético para garantia e acesso a direitos.