Evento on-line com membro da Academia Brasileira de Letras discutiu saídas e soluções para a Educação brasileira depois dos desafios trazidos pelo coronavírus

O Centro de Integração Empresa-Escola do Paraná (CIEE/PR) realizou nesta quarta-feira (12) um evento on-line com a presença do imortal da Academia Brasileira de Letras (ABL) e presidente do Centro de Integração Empresa-Escola do Rio de Janeiro (CIEE/RJ), Arnaldo Niskier. O objetivo era debater o futuro da Educação brasileira no período pós-pandemia de Covid-19, possíveis soluções, saídas e oportunidades para a melhoria do ensino no Brasil.

Professor Arnaldo Niskier.

Para Niskier, este é um momento de transformação dos métodos de ensino e também da postura das instituições diante do uso de tecnologias variadas. “Há pouco tempo, algumas universidades eram refratárias à Educação a distância (EaD). Hoje elas mudaram de atitude e, como a legislação permite oferecer até 40% dos conteúdos e atividades de um programa presencial no formato EaD, há uma clara determinação de expandir com qualidade”, avalia. No entanto, na visão do especialista, que já foi presidente da Câmara de Ensino Superior do Conselho Federal de Educação, será preciso ampliar o acesso dos estudantes à internet.

Outra preocupação deve ser a adaptação das metodologias de ensino para contemplar as necessidades dessa nova modalidade de aprendizagem, além de valorizar o trabalho dos professores. “É importante que os alunos não sejam meros receptores de conteúdos e que busquem ativamente o conhecimento. Existe também a preocupação de não precarizar a carreira docente”, afirma. Isso pode ser feito, segundo Niskier, adotando-se pontualmente novas tecnologias para facilitar o cotidiano dos educadores, principalmente para tarefas repetitivas, como a correção de avaliações, que poderia ser realizada pela inteligência artificial.

Além do escritor, estiveram presentes no encontro personalidades como o ex-governador do Paraná Orlando Pessuti, o presidente da Fundação Copel, Marcos Domakoski, o ex-deputado federal Paulo Delgado, o ex-presidente da OAB/PR, José Lucio Glomb, o presidente do Instituto Democracia e Liberdade, Edson José Ramon, presidente do CIEE Nacional, José Augusto Minarelli, presidente do CIEE/PR, Domingos Murta, presidente do Conselho Deliberativo do CIEE/PR, Fernando Fontana, Conselheiros e Diretores do CIEE/PR, entre outros. Também participaram da conversa representantes de diversas outras unidades do CIEE pelo país.