CIEE-PR inaugura sua nova sede em Londrina

O Centro de Integração Empresa-Escola do Paraná –  CIEE/PR – inaugurou na última quinta-feira (09/08) a nova sede do seu escritório regional de Londrina, localizado na rua Pará, número 162. Com 578 m2 de área construída, as novas instalações, mais espaçosas e modernas, permitem a ampliação dos serviços de atendimento ao público (estudantes, empresas e instituições de ensino parceiras) nas demandas de estágio e aprendizagem, bem como dos cursos de capacitação para o mundo do trabalho.

Nova sede na rua Pará, 162.

Estavam na solenidade o presidente do CIEE/PR, Domingos Murta, e o vice-presidente José Eduardo Moraes Sarmento; o presidente do Conselho Deliberativo, Fernando Fontana; os diretores Antônio Barbosa Lemes Júnior e Armindo Angerer; o presidente da gestão anterior 2014/2018, Arwed Kirchgässner; e o superintendente Paulo Mira.

Presentes também estavam o deputado federal Reinhold Stephanes; o secretário do Trabalho da Prefeitura de Londrina, Elzo Carreri; a diretora da Universidade Estadual de Londrina, Maria Elisa; o procurador da prefeitura de Alvorada do Sul, Ricardo Bazone; secretário do Governo da Prefeitura de Cambé, Aldecir Alexandrino; diretor da ACIL Londrina, Ângelo Pamplona da Costa; vereadores, representantes de empresas e de instituições de ensino da região.

Atualmente, o escritório regional administra cerca de 1.400 estagiários e 140 aprendizes contratados pelas empresas parceiras. Na nova sede são disponibilizadas quatro salas especiais para os diversos cursos (livres e gratuitos) ofertados, elevando a capacidade de atendimento diário do setor a 200 alunos, praticamente o triplo das vagas antes disponíveis na antiga sede.

Em sua fala aos convidados, diretores e colaboradores, o presidente Domingos Murta destacou a contribuição do presidente da gestão anterior, Arwed Kirchgässner, responsável pela aquisição do imóvel no qual se instala agora a nova sede do CIEE/PR.  “A ele devemos tudo pelo grande sonho e idealização desta importante obra para a capacitação profissional e cidadania dos nossos jovens”- acentuou Murta. Ele agradeceu também o trabalho incansável do vice-presidente José Eduardo Moraes Sarmento, do superintendente Paulo Mira, do gerente Eneas Filho e da coordenadora do escritório regional de Londrina, Roseli Marques, para a realização das reformas necessárias no prédio e inauguração da nova sede.

Foco

Sobre o CIEE, lembrou que a entidade, que completa 51 anos de fundação no dia 14 deste mês de agosto, tem uma função eminentemente social, sem fins lucrativos.

“Isto é muito importante – frisou – porque o CIEE não recebe recursos de nenhuma fonte governamental. Todas as nossas receitas são provenientes das contribuições das empresas parceiras e dos órgãos públicos que nos repassam bolsas-auxilio para os estagiários por elas contratados. Todas essas contribuições (receitas) são revertidas para as comunidades que o CIEE atende, em forma de cursos de capacitação profissional e cidadania, cumprindo o seu papel social de auxiliar a inclusão dos jovens no mundo do trabalho, principalmente daqueles em situação de vulnerabilidade social. Nenhum dos nossos diretores e conselheiros recebe qualquer remuneração pelo trabalho voluntário que realizam”.

“O CIEE Paraná – acrescentou Murta –  é hoje uma organização dotada de forte musculatura e uma infraestrutura ímpar na capacitação de jovens para o trabalho. Mantém convênios com 40 mil empresas, das quais 8 mil utilizam estagiários em suas atividades. Quase 2 mil instituições de ensino, também conveniadas, complementam a base de sustentação para os programas de estágio e aprendizagem disponibilizados.”

Citou, ainda, diversos convênios firmados com prefeituras municipais do Paraná, entre os quais destaca-se Curitiba, que está oferecendo 30 mil vagas para cursos de qualificação profissional ministrados pelo CIEE, e a prefeitura do município de Colombo que quer ver os seus jovens integrados na mesma trilha da capacitação para o trabalho. Também a prefeitura de Maringá manifestou interesse pela celebração de convênio, visando a implantação dos cursos naquele município.

Na sequência de pronunciamentos, o presidente do Conselho Deliberativo do CIEE/PR, Fernando Fontana, salientou a adequação das novas instalações do escritório regional de Londrina para atender aos jovens estagiários, aprendizes e participantes dos cursos livres.  Salientou que a missão do CIEE é atender à comunidade, aos jovens, às empresas e instituições de ensino em suas necessidades de apoio, através dos programas sociais que desenvolve.

A partir da esquerda, Fernando Fontana (presidente do Conselho Deliberativo do CIEE/PR. Domingos Murta, presidente do CIEE/PR; Arwed Kirchgässner, ex-presidente na gestão 2014/2018; e o deputado federal Reinhold Stephanes.

Por último, o secretário do Trabalho de Londrina, Elzo Carreri, falou das providências que pretende adotar para replicar em seu município a mesma grade de cursos livres e gratuitos disponibilizados pelo CIEE/PR para qualificação profissional de jovens e adolescentes.



Os comentários estão desativados.

-->