Como minha empresa pode conseguir o selo Great Place to Work? 14 de abril de 2021 • Notícias Destaques Notícias para Empresas

O que faz de uma empresa um bom lugar para trabalhar? Melhor do que isso: o que faz de uma empresa um ótimo lugar para trabalhar? É o salário? O plano de carreira? O ambiente de trabalho? Na verdade, todo mundo que está ou já esteve no mundo do trabalho sabe que apenas um conjunto desses e de outros fatores, juntamente com um grande nível de confiança entre os colaboradores e a instituição, é o que faz de uma empresa um bom lugar de trabalho.

 

Mas como avaliar se uma empresa tem o que é preciso para ser chamada assim? É aí que entra o Great Place to Work (GPTW), um dos selos mais relevantes para a avaliação de boas empresas. O Great Place to Work é um instituto fundado na década de 80 nos EUA que funciona como ”uma consultoria global que apoia organizações a obter melhores resultados por meio de uma cultura de confiança, alto desempenho e inovação”. 

 

Através de diversos medidores, o GPTW tornou-se um selo de qualidade para as empresas atraírem e manterem talentos, da mesma forma que mostra a quem procura uma colocação no mundo do trabalho que empresas oferecem o melhor.

Como ser uma empresa com o selo GPTW?

O GPTW funciona baseado em dois aspectos principais: confiança e prática. Na parte da confiança, é feita uma avaliação de todas as relações na empresa, seja entre os colaboradores ou entre colaboradores e a gestão. Essa é a parte mais importante da avaliação, correspondendo a mais de 70% da nota. 

 

O restante é avaliado de acordo com as práticas da empresa em relação a seus funcionários. Nesta parte, são considerados aspectos como oportunidades de crescimento, salários, benefícios, autonomia, entre outros.

 

Segundo o CEO do GPTW, Michael C. Bush, para conquistar o selo, é preciso ter bons indicadores nestas categorias, além de ter uma cultura organizacional em constante desenvolvimento, principalmente no que diz respeito a seis aspectos fundamentais:

 

  • Valores sólidos

 

  • Inovação  

 

  • Crescimento financeiro

 

  • Eficácia da liderança 

 

  • Maximização do potencial humano

 

  • Confiança e transparência 

 

No Brasil, os resultados anuais do GPTW são anunciados pela revista Época, com a lista de 150 melhores empresas para trabalhar no país. Além disso, a versão nacional do GPTW ainda desenvolve mais de 40 listas separadas por cinco categorias: regional (as melhores empresas de cada estado), setorial (separadas por ramo de atuação), destaque (as melhores empresas em temas relevantes, como meio ambiente), nacional ou América Latina e temática (melhores empresas para a comunidade LGBTQI+, por exemplo).      

Clique aqui para visitar o site nacional do Great Place to Work e saber mais a respeito.