Como será a recuperação econômica do Paraná no pós-pandemia?

Investimentos públicos e privados deverão ser feitos para a recuperação econômica do Estado, que deve ter uma queda de 4% no PIB em 2020

A pandemia do novo coronavírus afetou diversos setores da economia, aumentando a crise brasileira e prejudicando pessoas e empresas. A saída para retomar as atividades será uma união entre o investimento público e privado. Mas será que já temos no estado do Paraná um plano para essa retomada?

Segundo o governo do Estado, a segurança jurídica e fiscal do Paraná irá ajudar nessa transição. Além disso, o governo também aposta no programa Recupera Paraná, criado justamente para ajudar os empresários a produzir e fomentar a economia.

Recupera Paraná

De acordo com o governo, o programa oferece ampliação de linhas de crédito ao setor produtivo e o aumento de recursos disponibilizados pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e pela Fomento Paraná. O Estado também adotou a isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias (ICMS) a 270 mil micros e pequenas empresas.

Outra estratégia é ampliar o incentivo aos chamados Arranjos Produtivos Locais, para alavancar o desenvolvimento regional. 

“Também estamos finalizando o selo Made in Paraná, para fomentar a compra de produtos produzidos no Estado. Ao prestigiar as empresas paranaenses, também ajudamos na criação e manutenção dos empregos locais”, disse Ratinho Junior em encontro online com representantes de diversos estados brasileiros promovido pela Câmara Americana do Comércio (Amcham Curitiba).

Queda do PIB

Essa recuperação econômica deve ser muito bem planejada e eficiente para recuperar os empregos e a inevitável queda do PIB tanto no Estado quanto no país como um todo.

Devido às exportações do setor agrícola, muito forte no Paraná, a expectativa é que o PIB paranaense caia um pouco menos do que o PIB nacional em 2020. Em entrevista à Rádio CBN, Juliano Binder, auditor fiscal da Secretaria de Estado da Fazenda, afirmou que a previsão é que o PIB do Estado em 2020 seja de cerca de -4%, enquanto PIB do Brasil inteiro, de acordo com as últimas estimativas, deve ser de -5,5% no ano.

 

Fontes: https://cbncuritiba.com/com-pandemia-pib-paranaense-em-2020-sera-negativo-4/

http://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=107279&tit=Parana-planeja-a-retomada-com-investimentos-e-seguranca-institucional



Os comentários estão desativados.

-->