Conheça a história e a importância do Outubro Rosa

1 de outubro de 2018

Notícias Destaques

Saiba como surgiu essa iniciativa que se espalhou para o mundo inteiro

Outubro é o mês de conscientização sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama. Mas você sabe a origem da data? O movimento surgiu nos Estados Unidos, onde vários estados já contavam com ações isoladas referentes aos cuidados contra a doença neste mês. Isso resultou na decisão, por parte do Congresso Norte-Americano, de transformar oficialmente outubro no mês de prevenção do câncer de mama.

 

O símbolo do Outubro Rosa

No fim do século passado, o laço cor-de-rosa foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure como símbolo do esforço contra a enfermidade e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York, EUA, em 1990. Ao longo da década, entidades de outras cidades do país passaram a celebrar e fomentar ações voltadas à prevenção do câncer de mama, época em que surgiu a expressão Outubro Rosa, em referência à cor do laço.

Hoje, a ideia já está disseminada pelo mundo todo, seja com ações diretas como eventos e desfiles de moda, ou com a iluminação da cor rosa de grandes construções, iniciativa repetida nos quatro cantos do planeta. As atividades têm como objetivo principal a conscientização da prevenção pelo diagnóstico precoce, o que aumenta muito as chances de cura.

 

Os exames

Existem dois exames para procurar identificar precocemente o câncer de mama nas mulheres: a mamografia e o autoexame.

 

Mamografia

A mamografia é a melhor forma de prevenir a doença por ser capaz de identificar a presença de tumores mesmo que ainda muito pequenos. Este exame deve ser realizado frequentemente a partir dos 40 anos de idade.

 

Autoexame

Além disso, você também pode fazer, em casa mesmo, o autoexame. Neste caso, é possível detectar o caroço quando o câncer está em um estágio mais avançado, no qual o nódulo atinge cerca de 2 centímetros. Mesmo assim, é uma prática importante para possibilitar um diagnóstico o quanto antes.

Fique atenta aos sinais que seu corpo apresenta! Procure seu médico regularmente para realizar a mamografia e assim que identificar a presença de qualquer alteração nas mamas. Previna-se!



Os comentários estão desativados.

-->