Estagiário ou Aprendiz: qual modalidade mais se enquadra à necessidade da sua empresa? 4 de fevereiro de 2021 • Notícias Destaques Notícias do CIEEPR Notícias para Empresas Notícias para Estudantes Notícias para Instituições de Ensino Notícias sobre Cursos Sem categoria

Confira o perfil dos jovens profissionais que podem fazer parte da sua companhia!

Está procurando jovens profissionais para compor o quadro de funcionários de sua empresa? Então aproveite para conferir o material que o CIEE/PR preparou para você saber mais sobre os programas de Estágio e Aprendizagem.

Considere os aspectos jurídicos da contratação

Ao decidir entre estagiários ou aprendizes é fundamental considerar as obrigações legais. Isto porque, algumas empresas são obrigadas por lei a terem uma quantidade certa de aprendizes entre seus colaboradores.

De acordo com a legislação, as empresas devem contratar aprendizes na proporção mínima de 5% e máxima de 15% sobre o número de trabalhadores existentes em cada estabelecimento, cujas funções demandem formação profissional.

Benefícios da contratação de estagiários e/ou aprendizes

Ao contratar profissionais em início de carreira, sua empresa poderá se beneficiar de novas ideias, estilos de trabalho e contar com renovações em diversos setores. Confira outras vantagens abaixo:

Inovação: Novas gerações pensam de um jeito diferente e agregam um novo fluxo de ideias para a empresa;

Formação em casa: Ao contratar estagiários ou aprendizes sem qualquer experiência profissional é possível contribuir com a sua evolução e passar valores e atitudes importantes na sua empresa;

Encontre novos talentos: Contratando jovens profissionais você amplia suas chances de detectar e reter novos talentos.

Contribuição social: Ao empregar jovens trabalhadores, especialmente aprendizes, sua empresa colabora com a comunidade local e contribui com o desenvolvimento de quem busca iniciar sua trajetória no mercado de oportunidades.

Idade, horas trabalhadas e outros fatores

Para definir qual o perfil ideal para a contratação na sua empresa, é importante considerar as seguintes características:

Idade: Estagiários devem ser maiores de 16 anos, já os aprendizes, podem ter entre 14 e 24 anos. A exceção fica para os aprendizes portadores de necessidades especiais, que podem ser contratados em qualquer faixa etária, desde que acima dos 14 anos;

Tempo de contrato: A duração máxima dos contratos de estagiários é de 24 meses ou até encerrar as atividades acadêmicas. Já os aprendizes têm contrato de 11 a 16 meses;

Bolsas e salários: Os aprendizes têm direito a um salário mínimo por hora trabalhada, definido por lei. O valor pode variar de acordo com pisos estaduais. Além disso, os aprendizes têm direito a férias, vale-transporte, vale-refeição, décimo terceiro, depósito do FGTS entre outros benefícios concedidos aos funcionários. Os estagiários, por sua vez, não possuem vínculos empregatícios, portanto não têm direito aos mesmos benefícios. Eles recebem bolsa-auxílio, auxílio-transporte e seguro contra acidentes pessoais. Além disso, recebem recesso remunerado de 30 dias quando o período de estágio for maior que um ano ou proporcional quando o período for menor.

Horas de trabalho: Aprendizes podem trabalhar por até seis horas diárias. Os estagiários poderão realizar jornada de até seis horas diárias e 30 semanais.

Agora que você sabe mais sobre o assunto, acesse o site do CIEE/PR e encontre novos profissionais para a sua empresa!