Colocar a prioridade nas pessoas não só valoriza o ser humano como pode fazer sua empresa crescer

Você já ouviu falar no termo “People First”? Se não ouviu, deveria – principalmente se você tem uma empresa ou trabalha na gestão de pessoas. Cada vez mais utilizado no Brasil e no mundo, o método People First (pessoas primeiro, em tradução livre) é um método de gestão que engloba todos os aspectos da convivência diária dentro de uma organização tendo sempre em vista a valorização das pessoas.

Cuidado humano

O People First baseia-se em um fato muito simples, mas muito importante: empresas, instituições ou quaisquer outras formas de organização são formadas por pessoas, portanto estas devem sempre vir em primeiro lugar. Essa verdade pode acabar sendo esquecida no nosso dia a dia atribulado, por isso um conjunto de práticas que reforcem esse sentimento é tão importante.

People First se refere, na verdade, a uma filosofia de trabalho que busca um cuidado humano antes dos processos ou dos lucros, por exemplo. 

Essa valorização prioritária das pessoas significa pensar antes nelas em todas as ações. É, por exemplo, pensar nas pessoas como um fim, e não como um meio para atingir o lucro ou para ter melhores processos. Da mesma forma, é tentar sempre melhorar a experiência dos clientes e dos próprios funcionários e sempre mensurar a satisfação de todos.

Essas e outras atitudes não apenas criam um ambiente de trabalho muito mais saudável como acabam desenvolvendo a própria empresa. Entre as principais vantagens estão:

  • A criação de empatia com funcionários e clientes;
  • Fidelização do público;
  • Melhora do desempenho;
  • Fortalecimento da marca, etc.

Não há um passo a passo único e definido de como aplicar esta filosofia de trabalho, portanto é preciso analisar caso a caso, a estrutura e os processos da sua empresa, para pensar como é possível valorizar mais as pessoas envolvidas.

Pode ser difícil fazer mudanças profundas, mas muitas vezes elas são necessárias para fazer da sua empresa um lugar onde as pessoas queiram trabalhar e se sintam motivadas para crescer junto.