Lançado em agosto de 2006, o Programa de Aprendizagem promovido pelo Centro de Integração Empresa-Escola do Paraná (CIEE/PR) completou 15 anos de atuação no último mês.

Curitiba foi a cidade piloto para o desenvolvimento do Programa. Cerca de 60 jovens participaram das primeiras capacitações teóricas, para posteriormente ingressarem no aprendizado prático nas empresas, em cumprimento à Lei nº 10.097/2.000, que estabelece uma cota obrigatória de participação no processo de profissionalização de adolescentes e jovens.

Na época de seu lançamento estiveram presentes professores, pais e alunos, bem como o representante da então Delegacia Regional do Trabalho, Luiz Fernando Busnardo, que parabenizou o CIEE/PR pela iniciativa. “O CIEE – disse ele – vem ocupando lugar de destaque no encaminhamento de estagiários e, agora, inicia uma nova fase através do Programa Aprendiz, com o objetivo de formar jovens para o trabalho, mediante a preparação teórica e a prática nas empresas”.

O presidente do CIEE/PR à época, Luiz Sunyé, também destacava o novo programa, até então tido como Projeto: “O Projeto Aprendiz é uma semente que deve germinar e multiplicar as oportunidades para outros jovens que queiram trilhar o caminho do aprendizado para inclusão no mercado de trabalho”. “É uma nova fase de desafios para capacitação profissional, visando à conquista e sobrevivência de cada um no futuro emprego. O sucesso deste programa será o sucesso de vocês” – concluía.

Em seu início, o Programa de Aprendizagem oferecia diversos módulos, incluindo Informática, Direitos Humanos e Cidadania, Trabalho em Equipe, Como se Tornar um Líder, Marketing e Vendas e outras matérias importantes para a capacitação profissional.

Expansão do Programa no estado

Em seus 15 anos de existência, o Programa de Aprendizagem permanece em crescimento em todo estado. Atualmente são 36 municípios atendidos pelo CIEE/PR.

Milhares de jovens estão tendo oportunidade de transformar suas vidas através da aprendizagem. Com a expansão do programa, hoje, estão contratados mais de 4.700 jovens, os quais atuam nas áreas de: Serviços Administrativos; Comércio e Varejo; Produção Industrial; Varejo e Supermercado; Telesserviços/Telemarketing.

Desde a sua implantação, mais de 24,5 mil adolescentes e jovens participaram e iniciaram suas trajetórias profissionais com o CIEE/PR.

Contribuição para a transformação social na vida dos participantes

As empresas que contratam aprendizes, além de cumprir uma exigência legal, participam de uma ação social que vai muito além de conceder um emprego: contribuem de forma efetiva para a construção de um país justo e igualitário que todos nós buscamos.

Para a gerente da Divisão de Capacitação e Cidadania do CIEE/PR, Simone Paulin, a Lei da Aprendizagem trouxe avanços significativos para a redução de situações de vulnerabilidade social de adolescentes e jovens. “O trabalho educativo proposto pela Aprendizagem é comprovadamente uma eficaz forma de prevenção de graves problemas sociais que atingem o Brasil. Agir de forma preventiva para evitarmos situações de aumento do risco social, deve ser um compromisso de todos nós: empresas contratantes, instituições formadoras, famílias, aprendizes e estado” – frisou.

 

Há 15 anos a Aprendizagem do CIEE/PR está transformando vidas, construindo futuros e realizando sonhos!