Qual é a importância do posicionamento das marcas em assuntos de impacto social?

Empresas sem posições firmes podem acabar ficando para trás em um mundo cada vez mais engajado. Veja como se posicionar em assuntos de interesse social

Nos departamentos de marketing das empresas, um questionamento tem sido cada vez mais frequente: devemos nos posicionar? Muitas empresas têm receio de defender uma posição em relação a assuntos de interesse social, como empoderamento feminino, a luta contra a homofobia, atitudes amigáveis em relação ao meio ambiente e o combate ao racismo. Há, ainda hoje, um medo de que estes posicionamentos possam, de alguma forma, comprometer ou causar algum tipo de problema à marca.

A verdade é que esse pensamento já não tem mais espaço no mundo corporativo. Cada vez mais, os consumidores estão vendo com bons olhos marcas engajadas, o que pode pesar positivamente em suas decisões. Uma pesquisa feita pelo Smart Energy Consumer Collaborative, uma ONG americana que lida com o consumo de energia limpa, mostrou que consumidores mais jovens, os chamados “millenials”, são mais propensos a pagar mais por produtos que utilizem fontes de energia limpas, por exemplo.

Posicionamentos e atitudes como essa podem fazer toda a diferença na maneira como sua marca é vista, mas fazer isso da maneira certa exige ações, e não apenas discursos.

Como se posicionar em assuntos de interesse social?

Em primeiro lugar, é preciso escolher as suas batalhas. Os posicionamentos que a empresa terá devem estar de acordo com os seus valores. Defender uma causa apenas por que ela está “na moda” pode ter o efeito contrário do esperado.

Além disso, é preciso que o posicionamento não seja da boca para fora. A empresa deve promover ações o ano todo que remetam àquela causa, e não apenas em datas especiais. Uma publicação feita no Dia Mundial contra a Homofobia é importante, mas só é válida se a empresa promover ações contra o preconceito durante o resto do ano, respeitar seus funcionários homossexuais, etc. 

Acima de tudo, é necessário escutar as pessoas. Consumidores gostam quando são ouvidos. É preciso entender quais são os valores do seu público e tentar conversar com ele. Por isso, pesquisas e análises de comportamento devem ser feitas para que você tenha uma imagem clara das pessoas que consomem seus produtos ou serviços.

Posicionar-se em um mundo cada vez mais engajado oferece credibilidade e garante uma imagem positiva para qualquer marca.



Os comentários estão desativados.

-->