Secretário da Justiça, Família e Trabalho, Rogério Carboni recebe representantes do CIEE/PR 10 de Maio de 2022 • Notícias Destaques Notícias do CIEEPR Notícias para Empresas Notícias para Estudantes Sem categoria

Na última segunda-feira (09/05), o secretário da Justiça, Trabalho e Família (SEJUF), Rogério Carboni, acompanhado pelo chefe do departamento de Políticas para Pessoa com Deficiência, Felipe Braga Cortes, receberam as visitas do presidente do Centro de Integração Empresa-Escola do Paraná (CIEE/PR), Antoninho Caron e Márcia Schier, diretora da entidade, para ajustaram os detalhes da segunda fase do Programa Estadual de Aprendizagem.

Por intermédio da parceria, atualmente, o programa já atende 350 adolescentes dos Censes (Centros de Socioeducação) e Casas de Semiliberdade de Cascavel, Londrina, Paranavaí, Ponta Grossa e Umuarama. Os cursos de capacitação têm a duração de 16 meses e os participantes são supervisionados por uma equipe multidisciplinar, composta de instrutores, psicólogos, pedagogos e assistentes sociais, que se utilizam de métodos de ensino práticos e arrojados, adaptados ao mundo dos jovens, aliando com facilidade a teoria com a prática vivenciada nas empresas, contribuindo com o desenvolvimento e crescimento pessoal e profissional dos aprendizes.

Para o presidente do CIEE/PR, Antoninho Caron, a parceria com a SEJUF oportuniza a transformação de vida dos adolescentes, resgatando-os através do acesso ao mundo do trabalho. “Parcerias, cooperação e alianças multiplicam oportunidades de inserção social, qualificação profissional, promovendo e valorizando o ser humano desde a tenra idade alongando-se por toda a existência”.

Rogério Carboni, também destacou os benefícios que o programa traz para vida pessoal e profissional dos adolescentes. “Esse é um programa fantástico que atua diretamente na origem do problema. A principal forma de realizar a reinserção social dos jovens em conflito em lei é na garantia de oportunidades, capacitação para o mercado de trabalho, além de uma formação voltada a cidadania”, disse o secretário.

Nos próximos meses, a expectativa do Governo do Estado é para que sejam dobrados o número de vagas do programa, atendendo os adolescentes que estejam cumprindo medidas socioeducativas de privação e restrição de liberdade e também egressos do Sistema de Atendimento Socioeducativo e adolescentes em vulnerabilidade social.

 

A partir da esquerda: secretário da SEJUF, Rogério Carboni; Antoninho Caron, presidente e Márcia Schier, diretora, ambos do CIEE/PR e o chefe do departamento de Políticas para Pessoa com Deficiência, Felipe Braga Cortes.