Setembro Amarelo: a importância do acompanhamento psicológico no ambiente de trabalho

O Setembro Amarelo é o mês do ano em que celebra-se a valorização da vida. Durante esse período, diversas atividades são realizadas em todo o país como forma de incentivo à saúde mental e ao bem-estar. Porém, é sempre importante destacar que esses cuidados precisam ser permanentes – inclusive no ambiente de trabalho. 

Na maioria das vezes, a pressão do dia a dia pode acabar sobrecarregando os profissionais, independentemente da área de atuação. Nesse momento, um acompanhamento psicológico pode ser fundamental para garantir que a relação com o ambiente de trabalho seja mais saudável.

Trabalho amplo

De acordo com o livro “Psychology Applied to Work”, do autor americano Paul Muchinsky, o impacto da psicologia no ambiente de trabalho vai além, e engloba seis áreas diferentes: seleção e atribuição, treinamento e desenvolvimento, avaliação de performance, desenvolvimento organizacional, qualidade de vida no trabalho e ergonomia.

Nestas áreas, a atuação dos psicólogos pode ser ampla, contribuindo significativamente para o entendimento, desenvolvimento e melhoria da saúde física e mental de todos os envolvidos, criando assim um ambiente mais propício para o desenvolvimento.

Superando os tabus

Sabemos que a saúde mental ainda enfrenta muitos tabus e preconceitos, fato que reforça a importância do Setembro Amarelo. Buscar um profissional especializado e falar sobre os problemas enfrentados – sejam eles de caráter pessoal ou profissional – não deve ser visto como uma atitude de fraqueza, mas sim como um primeiro passo para o autoconhecimento e autocuidado. Acredite, os resultados podem ser surpreendentes!

O CIEE/PR apoia o Setembro Amarelo e defende a valorização da vida durante todo o ano. Conheça um pouco mais sobre o trabalho dos profissionais de psicologia junto aos jovens aprendizes clicando AQUI!



Os comentários estão desativados.

-->